sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

eu

nunca fui tão sincera em minha como naquele instante.
falei pelo coração.
deixei a emoção falar
me rasguei
derrubei todos os medos e pudores.
fui ao fundo das minhas emoções.
me despi.
me rasguei.
me machuquei.
me magoei.
chorei.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Foi asim que tudo começou:_ei dona , vai um amendoin ai ?

era tarde, já passava das 22:30
estava sentada na cadeira do ônibus com os olhos fechados
vindo de mais um dia longo e exaustivo de trabalho
sentindo um misto de cansaço e desânimo,
quando aquela voz delicada e fina me trouxe de volta a realidade.
_ei dona ,vai um amendoin ai ?
abri os olhos e deparei com aquela criança, um menino.
tinha mais ou menos uns 8 anos.
sorridente ,me perguntou de novo:_vai um amendoin ai?
balancei a cabeça negando e , fiquei a olhar o menino.
magro, franzino.pensei talvez nem jantou.
fiquei a viagem inteira olhando para ele.
me senti encantada com tanta simplicidade .
durante a viagem ele brincava com alguém, ria alto e muito. Não parecia cansado.
a sua voz despertou algo na minha alma...
o seu sorriso largo ,aberto ,simples me achamou a atenção.
não sei o quê ,mas o menino fez
abrir um sorriso na minha vida. sentia um sorriso aberto em mim , meu cansaço desapareceu.
foi assim que apartir dai nasceu a necessidade de registrar o que os sentidos nos trazem.
quando faço viagens longas de ônibus , fecho os olhos...e ainda ouço o menino:Vai um amendoin ai ?
sorrio.
vem na lembrança aquele sorriso largo, simples ,mas muito cativante .
vai um amendoin ai ?
suelifs2009

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

é verão

é verão.
como sei ?
a brisa do mar tras um cheiro característico de bronzeador.
a chuva cai rápida,
forte ,barulhenta, passageira.
o cheiro de terra molhada , de bronzeador
me faz lembrar
você vermelho ,queimado de sol, cheio de creme , um brilho nos olhos.
me faz feliz , me faz sorrir.
é verão, a noite é diferente ,
o céu, o brilho das estrelas, a brisa tudo é diferente.
hoje ainda sinto
o cheiro do bronzeador , da terra molhada.
só não vejo mais o brilho de seus olhos ,está diferente.
já não me faz feliz , já não me faz sorrir.
suelifs2009

memória dos sentidos



Quando fecho os olhos percebo-te pelo seu perfume e o estalar de seus pés.
quando fecho os olhos precebo-te pelo barulho de sua respiração ofegante,
preocupado em não me despertar.
quando fecho os olhos sinto saudades ,pois sei que ,ao abrir os olhos você não estará lá.
suelifs2009